Fome emocional: aprenda a lidar com ela!

Para muitas pessoas a comida não serve apenas para matar completamente a fome, mas também como uma saída para lidar com problemas emocionais. Comer uma sobremesa mesmo estando de barriga cheia é um dos sintomas da fome emocional. Diferente da fome fisiológica, que é a necessidade real de comer para sobreviver, a fome emocional surge espontaneamente para aliviar algum problema emocional, como tristeza, estresse, entre outras características. 

As causas da fome emocional

De acordo com especialistas, um dos gatilhos da fome emocional é a má consciência interoceptiva, ou seja, casos em que a pessoa tem dificuldade para interpretar corretamente as emoções experimentadas. A fome emocional é uma resposta a um problema mais profundo, que deve ter acompanhamento de um profissional especializado. 

Como identificar a fome emocional

Os principais sintomas da fome emocional são:

  • Comer para aliviar sentimentos ruins, celebrar ou como forma de recompensa;
  • Vontade de comer alimentos específicos;
  •  Fome repentina diante de uma situação tensa;
  •  Sentimento de culpa após a comida.

O que fazer?

A alimentação emocional pode se transformar em uma doença, como anorexia, bulimia e síndrome do comer noturno, além disso, o aumento de peso é uma das consequências.

Por isso, é possível identificar o que dispara esse desejo de comer com a ajuda de um profissional para mudar os hábitos alimentares.

Qual o processo da mudança dos hábitos alimentares?

Após buscar a ajuda de um profissional, ele poderá aplicar uma técnica chamada Mindful Eating, que é o método responsável por mudar a consciência sobre os hábitos alimentares. Confira 3 dicas dessa técnica poderosa:

  • Só coma quando sentir fome;
  • Pause um minuto antes de começar a comer para analisar toda a mesa;
  • Traga todos os seus sentidos para a refeição, como por exemplo ao mastigar a comida, tente identificar tudo que compõe aquele alimento.

A fome emocional X distúrbio alimentar?

Os distúrbios alimentares são as doenças mentais que causam interferências mais graves na rotina alimentar de uma pessoa, como por exemplo Bulimia e Anorexia. Elas podem se manisfestar quando é ingerida pequenas ou grandes quantidades de alimentos. 

Descontar emoções na comida não quer dizer que a pessoa tenha um distúrbio alimentar. Um distúrbio alimentar está relacionado a laudos psiquiátricos. 

E para você que se identificou com essa matéria e queira saber um pouco mais a respeito da fome emocional, a VQ Weight Loss & Med Spa, está preparada para criar estratégias alimentares para que você transforme sua vida de uma vez por todas!

Entre em contato conosco e saiba mais do nosso trabalho!

Categorias
Receive News

    telefon
    Schedule your First Evaluation!

    Contact us and schedule now!

      Wait for our contact to confirm your service.

      Social:

      Created by Hublife